QUINTA DO ATAÍDE DOURO

QUINTA DO ATAÍDE DOURO

750ml

Produzido a partir de vinhas situadas no vale da Vilariça, que contrastam completamente com as vinhas de montanha escarpadas que cobrem a maior parte da região do Douro. Neste vale, a precipitação é escassa, a rondar os 500mm anuais com invernos muito frios e verões quentes. A conjugação destes fatores contribui para a produção de vinhos do Douro excepcionais, muito aromáticos e de cor e sabores concentrados. Reflexo da rica tradição vinícola do Douro e a singular identidade do terroir da Vilariça.

  • País: Portugal
  • Região: Douro
  • Tipo de vinho: Vinho Tinto
  • Uvas: Touriga Nacional, Touriga Franca, Tinta Barroca, Tinta Roriz e Tinto Cão.
  • Envelhecimento: 10 meses em barricas de carvalho francês.
  • Graduação alcoólica: 14,7% vol.
  • Notas de degustação: Aromas frescos e bem definidos de frutos vermelhos com nuances de baunilha envoltos por um sutil aroma de pinheiros. Boca volumosa e generosa, com sabores frutados de ameixa e cereja preta. Taninos expressivos e especiados, envoltos na estrutura compacta. Final longo, prazeroso.

Quinta do Ataíde

Desde o início do século XVIII a Quinta do Ataíde ocupa mais de 100 hectares de terra no vale da Vilariça. Inserida entre olivais e vinhas, esta propriedade remonta aos primórdios da agricultura na região.
Nesta localidade, além do xisto é possível encontrar diversos tipos de solo e de pH quase neutro, em contraste com grande parte da região do Douro onde os solos tendem a ser ligeiramente ácidos. Todos estes fatores dão origem aos sabores únicos e específicos dos vinhos do Ataíde.

PORTUGAL

Com regiões vinícolas bem definidas, Portugal sempre foi conhecido mundialmente pelos seus vinhos fortificados. Hoje o país traz boas surpresas com vinhos brancos e tintos de qualidade superior. Cada região produtora produz vinhos de estilos e identidades diferentes, proporcionando assim uma gama ampla de vinhos para todos os gostos. Com mais de 200 castas nativas, fica fácil produzir vinhos de caráter único e identidade própria.